Tráfego Pago: Acelera o Crescimento da Tua Loja Online

Leonor Castanho
Leonor Castanho
Mar 1, 2023
trafego pago

No mundo acelerado do marketing digital, o tráfego pago oferece um poderoso atalho para o sucesso. Não é por acaso que é a estratégia de eleição de muitas lojas online.

De facto, por cada 1.00€ investido em Google Ads as empresas obtêm, em média, um lucro de 2.00€. Incrível, não é?

Neste artigo, exploramos as diferenças entre tráfego pago e tráfego orgânico, as características únicas do tráfego pago e como utilizá-lo no teu eCommerce.

Pronto(a) para aprender a conduzir o tráfego para o teu site e disparar as vendas? Vamos a isso!

pesquisa no google motor de busca

O Que é o Tráfego Pago

No mundo do marketing digital, o tráfego pago é uma forma de obter maior visibilidade através de anúncios pagos em diferentes plataformas.

Tal como os billboards de anúncios que vemos na autoestrada, as marcas pagam para exibir os seus anúncios em diferentes plataformas online, tais como motores de busca, redes sociais, e outros websites com um elevado volume de tráfego. Estes anúncios podem ter diversos formatos, tais como texto, imagem, vídeo, ou até mesmo áudio. Além disso, oferecem inúmeras opções de segmentação para maximizar o probabilidade de atingir o público-alvo desejado.

O tráfego pago é uma forma de garantir a exposição de conteúdos online ao máximo possível de potenciais clientes, pagando por anúncios em diferentes plataformas. É como alugar um billboard na auto-estrada digital da Internet, com a orientação e optimização certas, quer para conduzir mais tráfego para o teu website, quer para te ajudar a atingir objetivos comerciais.

Diferenças Entre Tráfego Pago e Tráfego Orgânico

ferramenta google search console

O tráfego pago refere-se aos visitantes do website que provêm de esforços publicitários pagos, tais como anúncios em motores de busca ou nas redes sociais.

O tráfego orgânico, por outro lado, refere-se às visitas de utilizadores que, por iniciativa própria, pesquisaram a marca ou qualquer outra temática de alguma forma relacionada.

Estas são algumas das principais diferenças que distinguem estas duas formas de atrair tráfego:

  • Custo A principal diferença entre o tráfego pago e o tráfego orgânico é o custo. O tráfego pago exige que as empresas paguem por cada clique ou impressão, isto é, por todas as vezes que o anúncio é exibido. O tráfego orgânico, por outro lado, é em teoria gratuito. As empresas podem utilizar técnicas de Search Engine Optimization (SEO) para melhorar as suas classificações de pesquisa orgânica e atrair mais tráfego para o seu website sem ter de pagar por publicidade.
  • Colocação O tráfego pago e o tráfego orgânico também diferem na sua colocação nas páginas de resultados dos motores de busca (SERPs). Os anúncios aparecem na parte superior ou inferior dos SERPs e estão identificados como tal, enquanto que os resultados orgânicos são exibidos no meio dos SERPs.
organic traffic versus paid traffic
  • Orientação O tráfego pago oferece opções de segmentação mais precisas do que o tráfego orgânico. Com o tráfego pago, as empresas podem direcionar os seus anúncios de acordo com dados demográficos, interesses, comportamentos ou até com localizações específicas. O tráfego orgânico, por outro lado, baseia-se na relevância e autoridade do conteúdo de um website, que pode ser influenciada por fatores tais como as keywords utilizadas, a experiência do utilizador e o número de backlinks e a sua qualidade.
  • Controlo Outra diferença entre o tráfego pago e o tráfego orgânico é o nível de controlo que as empresas têm sobre eles. Com o tráfego pago, as empresas têm controlo total sobre o texto, imagens, opções de segmentação e orçamento adjudicado. Podem fazer alterações às suas campanhas em tempo real e ver resultados de forma quase instantânea. Com o tráfego orgânico, as empresas têm menos controlo sobre as suas classificações de pesquisa e podem ter de esperar meses para ver os resultados dos seus esforços de SEO.
  • Resultados O tráfego pago tem a capacidade de entregar resultados imediatos e conduzir mais tráfego para um website num curto espaço de tempo. No entanto, uma vez terminada a campanha publicitária, o tráfego também pára. O tráfego orgânico, por outro lado, pode fornecer resultados a longo prazo e conduzir um tráfego consistente a um website ao longo do tempo, desde que o conteúdo permaneça relevante. Idealmente, as empresas devem utilizar uma combinação de tráfego pago e tráfego orgânico para maximizar a sua notoriedade e atingir o público alvo de forma mais eficaz.

Fontes de Tráfego Pago

Existem várias fontes de tráfego pago que as empresas podem utilizar para conduzir mais tráfego para o seu website ou conteúdo online. Aqui estão algumas das principais fontes de tráfego pago e como funcionam:

1. Motores de busca

A publicidade em motores de busca é uma forma popular de tráfego pago que envolve a colocação de anúncios em páginas de resultados de motores de busca (SERPs), tais como o Google.

google ads

Quando alguém pesquisa uma palavra-chave específica, ou frase relacionada com o teu negócio, o teu anúncio é exibido na parte superior ou inferior dos resultados de pesquisa.

Neste caso, ser-te-à cobrado um determinado montante por cada vez que alguém clicar no anúncio, motivo pelo qual este tipo de publicidade é também chamado de pay-per-click (PPC).

2. Redes Sociais

facebook ads

Redes sociais como o Facebook, Instagram, Twitter ou LinkedIn oferecem a oportunidade de criar anúncios em diferentes formatos (e.g.: imagem, video, carrossel) e segmentá-los com base em dados demográficos, interesses, comportamentos, entre outros.

Dependendo do objetivo do anúncio, o pagamento pode ser feito com base nos cliques, nas impressões, ou em determinadas ações tomadas pelos utilizadores, tais como gostos, comentários, ou partilhas.

3. Display

Os anúncios de display consistem na colocação de anúncios noutros websites ou apps habitualmente frequentados pelo público-alvo que se pretende atingir. Estes anúncios podem aparecer em diferentes formatos, tais como banners, pop-ups, ou anúncios nativos.

O pagamento pode ser feito com base em impressões, cliques, ou conversões.

4. Video

A publicidade em video envolve a colocação de anúncios em plataformas de video tal como o Youtube. Este tipo de anúncios podem ser reproduzidos antes ou durante um video, ou ser exibidos ao lado ou por baixo do vídeo.

Os anúncios de vídeo são uma óptima forma de gerar interação e contar uma história. O valor a pagar pode depender do número de vizualizações, cliques, ou impressões.

5. Influencer Marketing

O Influencer marketing é uma parceria entre a marca e influencers das redes sociais com vista à promoção de produtos ou serviços junto dos seus seguidores.

Os influencers têm uma base de seguidores fieis de acordo com o tipo de conteúdos que publicam, o que lhes confere maior credibilidade do que a um anúncio tradicional.

Regra geral, no influencer marketing são oferecidos produtos, de forma gratuita, a influencers com autoridade na matéria para que este o divulgue nos seus canais.

Como Funciona o Tráfego Pago Passo-a-Passo

1. Escolher a plataforma

O primeiro passo para investir no tráfego pago é escolher em que plataforma anunciar. As plataformas mais populares para atrair tráfego pago são motores de busca como o Google, plataformas de redes sociais como o Facebook, Instagram, Twitter, ou LinkedIn, o Youtube, e outros websites que oferecem oportunidades de publicidade.

2. Definir o orçamento

Uma vez selecionada a plataforma, o passo seguinte é definir o orçamento. É possível definir um orçamento diário, que limita o quanto se gasta por dia, ou um orçamento total, que é o montante máximo que estás disposto a gastar com a campanha.

3. Criar a campanha de anúncios

O passo seguinte é criar a campanha. Isto implica criar o copy do anúncio, escolher as imagens ou vídeos, e selecionar as opções de segmentação.

O copy do anúncio deve ser claro, conciso e convincente, e as imagens ou vídeos devem ser apelativos e relevantes para o público a quem nos dirigimos.

4. Definir a estratégia de licitação

Ao criar a campanha, será também necessário definir a estratégia de licitação. Isto determina o quanto se está disposto a pagar por cada clique ou impressão do anúncio. A estratégia de licitação pode variar em função dos objetivos campanha, da plataforma que se está a utilizar, e do orçamento disponível.

5. Lançar a campanha

Depois de definido o orçamento, criada a campanha, e selecionada a estratégia de licitação, está na hora de lançar a campanha. Este é o momento em que o anúncio irá começar a aparecer na plataforma escolhida e a conduzir tráfego para o website ou landing page selecionada.

6. Monitorizar e Otimizar

Depois de lançar a campanha, é importante monitorizá-la e otimizá-la de forma contínua.

É igualmente possível efetuar testes A/B para comparar o desempenho do anúncio com diferentes copys, imagens ou vídeos e opções de segmentação distintas.

Esta informação é essencial para efetuar as afinações necessária para maximizar o retorno do investimento e atingir os objetivos.

Vantagens de Investir em Tráfego Pago

O tráfego pago pode contribuir imensuravelmente para direcionar mais tráfego para o teu website ou landing page, aumentar as vendas e as receitas, e permitir com que te destaques de negócios concorrentes.

Eis algumas das vantagens do tráfego pago para um negócio de eCommerce:

  • Aumento da visibilidade da loja e, consequentemente, das vendas;
  • Maior capacidade de segmentação em comparação com as fontes de tráfego orgânico;
  • Trata-se de uma fonte de vantagem competitiva que permite que a loja online possa competir com outros eCommerce que utilizam a mesma técnica;
  • Fornece resultados mensuráveis que permitem medir o ROI dos anúncios e tomar decisões baseadas em dados para otimizar o desempenho das campanhas.

Exemplos de eCommerce que Utilizam Tráfego Pago com Sucesso

1. Gymshark

a gymshark utiliza o trafego pago para impulsionar o seu crescimento

A Gymshark é uma marca de vestuário de fitness que tem vindo a recorrer ao tráfego pago para impulsionar o seu crescimento ao longo dos últimos anos. Em 2018, as suas receitas excederam os £100 milhões.

A Gymshark utiliza maioritariamente anúncios da Instagram e Facebook para impactar entusiastas do fitness, bodybuilders, e atletas com anúncios apelativos onde mostram as suas roupas. Investem igualmente no influencer marketing para aumentar a notoriedade da marca.

2. Dollar Shave Club

os anúncios irreverentes do dollar shave club

O Dollar Shave Club é uma empresa de produtos de barbear e de cuidados pessoais por subscrição que se tornou conhecida pelos seus anúncios humorísticos e irreverentes. Utilizam o tráfego pago para impactar homens que possam estar interessados neste tipo de artigos.

Utilizam principalmente anúncios de YouTube para mostrar os seus produtos e investem na criação de conteúdos envolventes que têm contribuído amplamente para a criação de uma base de clientes fiéis e para a expansão da sua gama de produtos ao longo do tempo.

Conclusão

No panorama altamente competitivo do eCommerce, com o número crescente de lojas online a competir pela atenção dos consumidores, recorrer apenas ao tráfego orgânico pode não ser suficiente.

O tráfego pago é uma importante fonte de vantagem competitiva e um elemento crucial para maximizar as vendas, alcançar um público mais vasto, gerar leads de melhor qualidade, devido à elevada capacidade de segmentação e aumentar as conversões.

Partilhar artigo


Artigos relacionados.