eCommerce

Como calcular os custos de envio da tua loja online

Leonor Castanho

Leonor Castanho

Mar 3, 2022

calcular custes de envio e estratégias para os reduzir

Neste artigo

  • iconA importância de calcular os custos de envio
  • iconComo calcular os custos de envio
  • iconComo establecer os portes de envio
  • iconEstratégias para a redução dos custos de envio
  • Se suspeitas que estás a pagar demasiado pelo envio das encomendas do teu eCommerce, e receias que isso esteja a afetar as tuas vendas, continua a ler e descobre como reduzir os custos de envio

    De acordo com a Bolt, os portes de envio elevados são a principal razão pela qual um utilizador abandona uma compra.

    Por outro lado, oferecer envios de qualidade sem perder dinheiro não é tarefa fácil. Para o fazer, o primeiro passo é calcular os custos de envio da loja online e reduzi-los tanto quanto possível. 

    No entanto, cada eCommerce tem as suas próprias características e peculiaridades, o que torna esta tarefa ainda mais complicada se não estiveres familiarizado com certos conceitos.

    Então, como calcular os custos reais de transporte e reduzi-los? Quais os fatores a ter em conta? 

    Fórmula para calcular a taxa de carrinhos abandonados

    Fonte: Bolt

    A importância de calcular os custos de envio

    A única forma de poder oferecer encomendas a preços justos aos clientes é conhecer os custos envolvidos e o seu impacto na margem de lucro do eCommerce.

    Afinal, como é que podemos saber quanto é que o cliente tem de pagar por uma encomenda se não soubermos quanto é que ela custa à loja online?

    O cálculo dos custos reais de transporte é a única forma de delinear um plano eficaz para a redução de custos. Caso contrário, nunca serás capaz de medir os resultados das tuas ações.

    Em suma, o cálculo dos custos de envio é importante pelos seguintes motivos:

    • Cobrar portes de envio adequados aos teus clientes;
    • Perceber qual a transportadora mais adequada às necessidades do eCommerce;
    • Aumentar as vendas e reduzir a taxa de carrinhos abandonados;
    • Facilitar a implementação de uma estratégia de redução de custos.

    Como calcular os custos de envio

    Existem inúmeras fórmulas para calcular os custos de envio. De uma forma geral, os custos fixos e variáveis envolvidos no processamento e no transporte de mercadorias são somados e relacionados com o número de envios efectuados num determinado período de tempo.

    Vamos analisar os parâmetros necessários para calcular o custo de envio de uma encomenda.

    Valor das tarifas de envio da transportadora

    O principal custo variável a ter em conta são as tarifas das transportadoras. Estas empresas utilizam uma fórmula para calcular os custos de transporte e definir a sua tarifas com base na ponderação dos custos fixos, custos variáveis, distância da rota, peso e utilidade.

    Para descobrir as tarifas das diferentes transportadoras no mercado, tudo o que tens de fazer é utilizar a sua calculadora de preços de transporte e adicionar os valores necessários.

    Estes são algumas delas:

    É importante mencionar que se o teu eCommerce tem um volume considerável de encomendas, é provável que consigas chegar a um acordo com as transportadoras para obter tarifas mais apetecíveis. No entanto, nem todas as empresas têm este poder de negociação pelo que, nesses casos, o orçamento para a entrega de encomendas será mais limitado.

    Se a tua loja online ainda não tiver um contrato com uma transportadora, podes utilizar um software de gestão de encomendas, como a Outvio, que permite desfrutar de tarifas de envio mais económicas para encomendas nacionais e internacionais.

    A Natureza dos Produtos

    Mercadorias frágeis ou perigosas requerem tratamento especial por parte dos operadores logísticos e, por isso, são também mais caras de enviar. Algumas transportadores simplesmente não enviam artigos de natureza perigosa ou frágil e as que enviam aplicam, quase sempre, uma sobretaxa.

    Os Prazos de Entrega

    Regra geral, as lojas online querem que os seus produtos sejam entregues com a maior brevidade possível, um fator crucial no que diz respeito à experiência de compra e à satisfação dos clientes. Naturalmente, os envios express têm um custo superior em comparação com outros métodos de envio com um prazo de entrega mais longo.

    Contração de Serviços Adicionais

    Isto é, a contratação de seguros, entregas flexíveis, alterações de horários, acompanhamento personalizado, entre outros. Algumas destas características podem ser incluídas na tarifa normal, mas outras terão de ser pagas à parte.

    O Custo da Embalagem

    Nem todos o custo inerentes ao envio de uma encomenda provêm do transporte. A escolha da embalagem tem um impacto igualmente directo nos custos logísticos globais.

    Taxas Alfandegárias

    Se envias encomendas para países fora da UE, é provável que tenhas de pagar algum tipo de taxa adicional. O nosso conselho é conhecer as leis comerciais em vigor em cada área antes de vender para essa região.

    Custo do Capital Humano

    Para conhecer o custo real do capital humano, deves comparar o número total de encomendas  com o custo do pessoal envolvido na sua preparação.

    Custo Tecnológico

    Este custo refere-se à manutenção das infra-estruturas e soluções tecnológicas que utilizes para optimizar os processos.

    Como establecer os portes de envio

    Para definir o preço do envio de encomendas e devoluções de uma loja online, é importante ter em consideração os seus custos.

    O ideal seria oferecer ao cliente um serviço rápido e gratuito, mas infelizmente isto nem sempre é possível pois nem todos os eCommerce possuem a capacidade estes custos.

    As estratégias seguintes ajudar-te-ão a calcular os custos de envio do teu eCommerce:

    Oferecer Envios Gratuitos

    Neste caso, a loja online cobre 100% dos custos de envio. 

    Outra opção é acrescentar o valor do transporte - total ou parcial - ao preço do produto. Desta forma, o cliente estará a pagar pelo envio sem se aperceber.

    Por exemplo, se o custo de envio for de 2 euros, podes aumentar o preço de um artigo no valor de 1,35 euros para 3,35 euros, para que seja o cliente a suportar o custo.

    Porquê fazer isto? Porque o factor psicológico do transporte gratuito faz com que o cliente sinta que está a poupar e não se vai dar ao trabalho de comparar o preço desse produto com outras lojas online.

    Custos de envio variáveis

    Se trabalhas com várias transportadoras, é provável que as tarifas de transporte variem de acordo com os códigos postais de destino das encomendas e com localização dos armazéns de origem.

    A principal vantagem de utilizar mais do que uma empresa de transporte é a possibilidade de selecionar a transportadora com a tarifa mais económica para cada combinação serviço\destino. Na verdade, nem tem de ser o eCommerce a responsabilizar-se por essa seleção. Podes exibir todas as opções de envio disponíveis no checkout da loja online e deixar que seja o cliente a decidir qual a transportadora a utilizar, e a que preço.

    Desta forma, o cliente nunca terá a impressão de que lhe estão a impor um preço de transporte específico, o que pode ser benéfico para a taxa de conversão do teu eCommerce.

    Preços de envio fixos

    Esta opção consiste em estabelecer uma única tarifa de envio. Trata-se de uma estratégia que funciona quando a mercadoria comercializada é muito semelhante em termos de tamanho e preço e quando a maioria dos clientes se concentra numa mesma área geográfica.

    Por exemplo, se o cliente paga sempre 1,00€ pelo envio, mas o custo de envio para o eCommerce é de 1,00€ para Portugal Continental e de 2,00€ para os Açores e Madeira, terias de subtrair 1,00€ à tua margem de lucro em todos os envios para as ilhas. Consequentemente, só deverias definir um preço fixo para os envio se todos os teus clientes, ou a maioria , se encontrarem em Portugal Continental.

    Estratégias para a redução dos custos de envio

    Uma vez calculado o custo interno dos envios e definidos os valores dos portes, o passo seguinte é reduzir esse custo para maximizar os resultados.

    Estas são duas práticas que, sem dúvida, serão úteis:

    1. Ajustar o tamanho da embalagem às dimensões do produto

    As dimensões da embalagem definem o peso volumétrico dos envios. Esta é uma das medidas que as transportadoras mais utilizam para atribuir a tarifa. Quanto menor o volume, mais baixo será também o preço final.

    Por isso, o nosso conselho é optar por embalagens que minimizem os espaços vazio, uma vez que estarás a pagar para enviar ar em vez de mercadorias.

    Fórmula para calcular o peso volumétrico de uma encomenda

    Fonte: Bookairfreight

    A escolha da embalagem adequada para as necessidades específicas dos produtos a enviar é igualmente importante. Os artigos devem estar devidamente protegidos e acondicionados para evitar eventuais incidentes e devoluções desnecessárias. 

    2. Integração de uma rede multi-transporte num software de gestão para eCommerce

    Para poder implementar uma estratégia de preços variáveis e calcular, de forma rápida, os custos de envio para cada encomenda, é importante centralizar todas as tarifas, de todas as empresas de transporte com quem a loja trabalhe, numa ferramenta profissional destinada à gestão de envios e devoluções.

    Desta forma, deixarás de precisar das calculadoras das transportadoras, o que reduzirá consideravelmente o tempo necessário para o processamento das encomendas, bem como os custos associados.

    Além disso, o eCommerce beneficiará de um software avançado que permita selecionar a tarifa de envio mais económica, de forma automática e numa questão de segundos, para cada encomenda. A Outvio é uma das melhores ferramentas no mercado para o fazer.